Quinto post do Canadá

Bom, quem novamente vos fala é o Eduardo. São exatamente 15h16 e não pudemos sair de casa hoje. Estamos no meio de uma tempestade de neve. Bem, embora tenha neve pra cacimba lá fora, é muito perigoso sair de casa de carro ou qualquer outro meio de transporte que não seja as próprias pernas. Fora isso e o frio desgramado (-8C e sensação térmica de -17C), tá tudo certo. Nossa programação de hoje era sair com a Vanessa e o Kent (que não é o Clark) para tomarmos um brunch e irmos a alguns parques. Mas foi adiado em uma conferência entre as “madamas”. Então vamos falar um pouco de ontem.

Neste sábado, o nosso anfitrião chegou. O Dhiren estava no Brasil e embarcou na sexta-feira de noite. E como a sorte o acompanha de forma calorosa, a tal tempestade de neve chegou apenas após a sua chegada. E desde o sábado a noite, nenhum avião pousou ou decolou em Toronto. Falando no sábado a noite, ontem houve uma festa de inauguração da nova casa do casal Vasa. Muita pessoas, crianças e muita comida. Parecia festa da família Reznik. Festa com 30 pessoas e comida para 150. E eu e a Andréa fizemos uma comida “tradicional” brasileira: caldinho de feijão. E para explicar a palavra caldinho para eles?

Bem, teve que virar uma “sopa”. Virou a Brazilian soup. Mas tudo bem. Fez um baita sucesso. E como muitos não comem carne por conta da religião, fizemos sem carne, podendo colocar depois de pronto. Pois bem, depois disso, houve uma pequena celebração de natal, pois muitos não vão estar aqui para as comemorações. Foi bem legal. Todos são bem humorados e muito receptivos. E antes da festa, eu, Andréa e o Dhiren fomos ao LCBO, a loja que vende bebidas alcólicas no estado de Ontário. Os preços até que são razoaveis e a variedade é bem grande. Tem de licor a vodka, passando por vinho, whisky e rum. Tenho até cerveja, mas cerveja pode ser vendida em uma loja chamada “The Beer Store”. E só pode comprar apresentando carteira de identidade. Depois fomos ao Loblaw, supermercado. Fomos comprar salsa, cebolinha e sorvete. Nos caixas, trabalhando, apenas adolescentes. Muito interessante. Todos muito educados e compenetrados no trabalho, sem brincadeiras entre si.

Durante a festa, caiu a tal tempestade. A única coisa que estranhei foi a queda muito grande da temperatura. Eu conheço as tempestades cariocas, de verão. Em 20 minutos, cai água pra cacimba. Aqui não nevou tanto em pouco tempo, mas fica muito tempo nevando a mesma quantidade. E tava tanto frio que colocamos a cerveja e o refrigerante para gelar na varanda. E funcionou muito bem!

Assistindo agora o canal CP24, só de notícias, a previsão é que a média de neve continue até a madrugada de domingo para segunda – entre 2 e 4 cm por hora.

Alguns preços:
– Coca-cola 2L – $0,99
– Azeite extra virgem 1L – $8,49
– Pão de forma integral – $2,09
– Alface – $1,29

Mais tarde vou colocar mais fotos no fotolog.

Abs!

Anúncios

Dicas para o inverno – capítulo II

Continuando com nosso “serviço de utilidade pública”… segue a segunda parte das importantes dicas para sobreviver ao inverno canadense. A fonte ainda é o Paulo Dal Porto, do grupo Canada Immigration do Yahoo.

11. Se alimente bem, com comidas calóricas de preferência – principalmente
no café da manhã: tem que incorporar o café gringo: panquecas (com maple
syrup é uma delícia), ovos mexidos, bacon, sausage e café (chafé) e creme
(uma espécie de creme de leite).
12. Não saia de casa com o cabelo molhado (principalmente as mulheres com
cabelos longos que não cabem no gorro) – eles vão congelar.
13. Falam que chegar na casa ou num restaurante e não tirar o casaco é falta
de educação – como se o lugar não estivesse aquecido e confortável o suficiente.
14. Um “botão” é importante, cuidado com o gelo das calçadas (a neve que
descongelou e virou água e a água que congelou e virou gelo)… escorrega
pacas… escorrega mesmo.
15. Se tiver uma casa e der aquela nevasca, você deve tirar o gela da sua
calçada (pode-se pagar para adolescentes que fazem isso e no verão cortam a
grama e no outono limpam as folhas). Se alguém cair na sua calçada, pode dar processo.
16. Se for patinar em algum lago congelado, preste atenção no aviso da
profundidade do gelo naquele lugar. Se não tiver aviso, recomenda-se manter
distância.
17. Tenha sempre uma pá em seu carro.
18. Troque os pneus no inverno.
19. Os dias mais claros e com sol são os piores no frio (quando faz mais
frio).
20. Quem mora no Sul do Brasil, não ache que vai chegar lá com as roupas de frio nacionais e se virar. No Canadá o inverno pode chegar a -25ºC com sensação térmica de -33ºC (isso no Sul do Canadá, quanto mais ao Norte, pior vai ficando)…Isso é, faz frio pacas e se não se proteger direito pode ter problemas sim. Mas se protegendo, não tem problema não.

Abraços,

Andréa

Publicado em Inverno. 2 Comments »

Dicas para o inverno – capítulo I

A lista do Yahoo (Canada Immigration) tem sempre novidades e com o inverno no hemisfério Norte se aproximando, esse assunto começou a aparecer. Muita gente que já está no Canadá deu dicas importantes e interessantes, que vou começar a colocar aqui no blog. Não colocarei todas de uma vez pra não ficar cansativo, OK?

As dicas abaixo são do Paulo Dal Porto:

1. Compre botas com solado de borracha e com revestimento interno.
2. Chegando em casa (principalmente a de amigos), você deve tirar os sapatos e ficar de meia (e veja se a meia nao está muito suja…).
3. Ao chegar em lugares fechados (lojas, cafés, etc), não precisa tirar os
calçados, mas limpe bem no tapete que está na entrada.
4. Em alguns lugares tem uma pré-entrada – tire seu casaco e pendure (se
tiver cabides)… não se preocupe, quando voltar seu casaco vai estar no
lugar).
5. Não se preocupe em usar o mesmo casaco todo dia, geralmente o pessoal compra um casacão que resiste a temperaturas polares e usa o inverno todo (somente a roupa de baixo é que muda).
6. Compre aqueles “mijões”; quando sair e sentir o frio entrando nos furos
da sua calça, você vai sentir falta dele.
7. Compre algumas luvas com revestimento (se ainda sentir frio nas mãos, há
uns saquinhos com gel que uma vez agitados, eles esquentam).
8. Use cachecol, colocando de uma forma que tampe também o nariz (para os
dias com mais ventos e frio). Não respire pela boca, há pessoas que
respiram o ar gelado pela boca e isso dá um baque no pulmão.
9. Use gorro e cubra até as orelhas (o corpo perde muito calor pelo couro
cabeludo e é preciso manter o corpo aquecido). As orelhas, por serem
extremidades, pode acontecer de congelar e você nem sentir (elas vão ficar um
vermelhão só).
10. Cuidado com o “frozen byte”, suas mãos e pés podem congelar e mesmo com luvas não voltam a ficar aquecidas, nesse momento aqueles saquinhos são
muito importantes.

Depois coloco mais dicas…

Abraços,

Andréa

Publicado em Inverno. 1 Comment »