No topo, mais uma vez

O Canadá está no topo mais uma vez. De acordo com a pesquisa “The Better Life Initiative”, realizada pela Organization for Economic Co-operation and Development (OECD), os canadenses possuem uma vida melhor que qualquer pessoa no mundo ocidental, perdendo somente para a Austrália.

A pontuação do Canadá foi a maior ou então ficou perto do topo nos quesitos habitação, educação, saúde e satisfação com a vida dentre os 34 países mais industrializados.

Mas o que realmente chama a atenção é a última frase: cerca de dois terços dos canadenses, ou 66%, afirmaram ter ajudado um estranho no último mês; esse percentual foi o mais alto na pesquisa da OECD e muito acima da média, que ficou em 46%.

Leia a matéria na íntegra abaixo ou então no link da Global News, no final da página.

PARIS — Canadians have a “better life” than anyone in the western world except — by a narrow margin — Australians, according to a new analysis released Tuesday.

Canada scored at or near the top in such areas as housing, education, health and life satisfaction, among 34 major industrialized countries.

Sweden ranked third among the members of the Organization for Economic Co-operation and Development; the U.S. was seventh; and Turkey was a distant last.

The Better Life Initiative survey marked a major attempt by the Paris-based OECD, an economic and social policy think-tank funded by its members, to provide a broader measure of a country’s success than gross domestic product figures.

“People around the world have wanted to go beyond GDP for some time,” OECD Secretary General Angel Gurria said in a statement.

“This index is designed for them. It has extraordinary potential to help us deliver better policies for better lives.”

The index compares the 34 countries in 11 areas — housing, income, jobs, community, education, environment, governance, health, life satisfaction, safety and work-life balance.

Canada ranked first in terms of access to affordable housing, second on “life satisfaction,” and third on three categories — safety, health and education.

Canada’s worst score was in the area of governance, where it was near the middle of the pack.

While 67 per cent of Canadians trust their political institutions, well above the OECD average of 56 per cent, voter turnout in national elections was around 60 per cent — well below the 72 per cent average.

The report, in a commentary on government transparency, noted that Canadians can’t use the Internet or telephone to get information under Canada’s access-to-information laws.

“In addition, there are no provisions for anonymity or protection from retaliation.”

In its breakout analysis for Canada, the OECD tossed in a poll result from 2008 that wasn’t considered in Canada’s overall ranking but may, according to an official, help explain why many in the country have “better lives.”

Roughly two-thirds of Canadians, or 66 per cent, “reported having helped a stranger in the last month, the highest figure in the OECD” and well above the average of 46 per cent.
Read it on Global News: Canadians trail only Aussies in quality of life: Study

Vem chegando o verão…

Ainda estamos na primavera, muitas flores nos jardins, mas o Canadá já está em clima de verão. Bastou sair um sol – depois de muitos dias de chuva e temperaturas baixas para essa época do ano -, que tudo muda. Dá vontade de fazer várias coisas lá fora, sair de casa sem casaco e botas é um prazer sem preço e está todo mundo programando várias atividades ao ar livre para o final de semana prolongado. Pra quem não sabe na segunda-feira é o Victoria Day, que é considerado o “primeiro feriado do verão”…

Nós vamos aproveitar o sábado de sol e faremos um passeio a Niagara Falls pra levar uma amiga da Bia que está nos visitando.

Desculpem a falta de notícias por aqui, mas a falta de tempo é um negócio sério na vida do imigrante.

Sempre que der eu apareço, OK?

Beijos,

Andrea

O primeiro ano a gente não esquece

Foram muitas horas de preparação, dois anos de angústia, emoções misturadas, vontade de ir embora, vontade de ficar, amigos que deixamos, incertezas, sacrifícios, mas valeu a pena. Chegamos ao aeroporto de Toronto no dia 17 de julho de 2009 numa tarde de sexta-feira e nossos amigos Meg, André e Márcio nos esperavam lá pra nos dar as boas-vindas! Obrigada, queridos!

Depois de 365 dias cheios de alegrias, algumas decepções, realizações, cansaço, ansiedade, reencontros, saudades, estamos aqui, firmes e fortes, prontos para muitos outros “aniversários de Canadá”. Nos sentimos adaptados, mas aprendendo muito a cada dia. Pois mudar de país não é fácil. É quase como nascer de novo! Tirar documentos, aprender como funcionam as coisas, interagir com a(s) cultura(s) local(is), destravar a língua pra ter a fluência no idioma, entender os diversos sotaques que existem por aqui, enfim, uma vida totalmente diferente da que tínhamos no Brasil em muitos sentidos, mas com a qual nos identificamos bastante e já nos sentimos “daqui”.

Agora é continuar na luta, com força e garra pra superar todos os desafios que ainda estão por vir! E aguardar mais dois anos pra dar entrada no pedido de cidadania! Yay!

Beijos!

Andréa

Toronto no verão

Em primeiro lugar, desculpem-nos por tanto tempo sem postar (Paulo, seu puxão de orelha surtiu efeito!), mas a correria do dia-a-dia não deixa muito tempo pra escrever aqui e nem pra ler os blogs preferidos.

Mas vamos ao assunto do título: bastou começar a aumentar a temperatura dos termômetros que Toronto e arredores mudam de cara. A mudança começa já na primavera com festivais de tulipas. E agora, que o verão está quase aí começam a acontecer outros eventos maiores tais como o Doors Open Toronto – que aconteceu tem umas duas semanas e é quando os prédios públicos abrem suas portas aos moradores e turistas -, o Carassauga (que acontece em Mississauga) em que podemos experimentar comidas de várias culturas e também apresentações de dança e música.

Mas um dos maiores eventos dessa época do ano é o Luminato. É um festival de arte e criatividade que acontece a partir do dia 11 de junho em vários locais da cidade. Vários dos eventos são gratuitos e parecem ser bem interessantes.

À medida que eu for sabendo dos festivais vou postando aqui. Dessa forma quem já está em Toronto vai poder aproveitar e quem ainda estiver aguardando o visto pode anotar no caderninho pra curtir quando chegar!

Beijos que agora vamos assistir nossa nova mania: Big Love!

Andréa e Edu

Vacinação no Canadá

Quando recebemos o pacote final do consulado, recebemos também um formulário para informar as vacinas dos menores de 16 anos. Como minha filha estava para completar 16 anos, consultei o consulado e me disseram para preenchê-lo mesmo assim.

Então pedi a um médico da família para preencer e assinar com as datas das vacinas. Esse formulário é super importante, pois é solicitado na hora da matrícula – pelo menos na escola da Bia eles pediram – e a própria escola envia esses dados para a secretaria de saúde regional (No nosso caso o Peel Region Public Health).

A secretaria de saúde mantém um registro dessas vacinas e manda uma carta para os pais caso exista alguma discrepância entre o que foi informado e o que é obrigatório no Canadá. Foi o que aconteceu comigo:  já enviaram duas cartas dizendo que a Bia tem que tomar três vacinas, só que essas vacinas foram reportadas no formulário original, mas essa informação deve ter se perdido no meio do caminho e já tive que atualizar os registros dela duas vezes, mas fiz tudo isso online, no próprio site do Peel Public Health.

Ou seja, mesmo que uma família tenha filhos maiores de 16 anos, é aconselhável preencher esse formulário, pois ele será importante aqui na hora de matricular na escola e para a secretaria de saúde.

Segue o link para a região de Peel (Mississauga, Brampton, Caledon):  https://www.peelregion.ca/health/immunization/index.htm

No entanto, a vacinação não é obrigatória e se você não quiser vacinar seus filhos, pode fazer um pedido à secretaria de saúde. Veja o que está escrito no site do Peel Public Health:
I do not want my child to be immunized. Can I get an exemption?

If you do not wish your child to be immunized for medical or religious or sincerely held beliefs, you may request an exemption from Peel Public Health. Your physician or registered nurse in the extended class must complete the medical documents. A lawyer, justice of the peace or notary public must complete the legal documents (affidavit) as required for your exemption request. To be exempted, you must return all the original completed documents to Peel Public Health.

In case of an outbreak of a vaccine-preventable disease, students who have not been immunized for the above reasons may be excluded from school.
Tem mais informação aqui também:

http://www.hc-sc.gc.ca/hl-vs/iyh-vsv/med/immuniz-eng.php

Boa leitura!

Andréa

Final de semana prolongado, viagem à vista

Pois é, aqui também tem feriado em fevereiro, mas não é Carnaval (ainda bem!). Na segunda, dia 15, é o Family Day, feriado criado recentemente na província de Ontário. Aproveitamos então para conhecer um pouco mais desse país que tem lugares maravilhosos para visitarmos. Vamos a Montreal e Ottawa!
Tirei a sexta-feira de folga e vamos acordar bem cedo pra chegar em Montreal logo no início da tarde. Não vai dar pra conhecer tudo por lá, mas só de viajar e começar a explorar esse país, já estamos animadíssimos.
Ah, e nossa “ilustre” hóspede, a Camila, da Folha do Canadá, vai nos acompanhar nessa viagem. Já que ela conhece ambas as cidades, vai ser nossa “guia”! Hehehehe!
Na volta coloco algumas fotos aqui.
Beijos e bom Carnaval pra quem é de samba…
Andréa

Frio lá fora… fondue aqui dentro!

Essa semana a temperatura voltou a cair muito. Estávamos até achando que o inverno ia ser bem tranquilo, pois chegamos a ter dias em que fez 7 graus positivos, mas essa semana acabou a moleza. Hoje está fazendo entre -11 e -14 com sensação de -21 a -24. Já imaginaram o que é isso?? É frio pacas! Então, pra dar uma “esquentada”, resolvemos fazer um fondue. Primeiro o de queijo e depois o de chocolate. Hmmmm… estava ótimo, dêem uma olhada:

Alguém aí quer um pedacinho? Hehehehe…

Beijos!

Andréa

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.