Dia de eleições… no Canadá!

É claro que vou falar sobre as eleições no Canadá. Sobre as eleições aqui no Brasil, mais especificamente no Rio, não tenho palavras…

No Canadá o sistema de governo é parlamentarista. O atual Primeiro-Ministro, Stephen Harper, estava com minoria no Parlamento e não conseguia aprovar uma série de leis propostas pelo seu partido, o Conservador, então resolveu convocar eleições – ele tem o direito de fazer isso – para ver se conseguia aumentar o número de representantes. Segundo os especialistas, ele não vai conseguir, ou seja, vai voltar a ter os problemas que o levaram à convocação de eleições. 

Hoje, dia 14 de outubro, é o dia das eleições no Canadá, mas é considerado um dia normal de trabalho. Não é feriado, mas os empregadores têm que liberar os funcionários por até três horas, para que possam votar.

O sistema de voto canadense é distrital, em que cada partido tem somente um candidato no distrito eleitoral onde o eleitor mora. Não existe portanto a variedade de escolha como no Brasil. O candidato vencedor no distrito em que se candidatou se torna Minister of Parliament, abreviado como MP, o equivalente ao nosso deputado federal. O líder do partido com mais deputados eleitos se torna o primeiro-ministro. 

Os principais partidos no Canadá são o Conservative (Conservador, de centro-direita), o Liberal (centro), o NDP – New Democratic Party (Novo Partido Democrático, de centro-esquerda), o Bloc Québecois (que é o partido separatista do Québec) e o Green Party (Partido Verde). Os candidatos que concorrem com Stephen Harper, respectivamente por partido, são: Stéphane Dion, Jack Layton, Gilles Duceppe e Elizabeth May.

Somente podem votar os cidadãos canadenses. Imigrantes,  mesmo que com status de residente permanente, não podem votar. Mas aqueles imigrantes que já possuem cidadania podem – e devem – votar.

Para saber mais sobre o sistema eleitoral no Canadá, clique em http://www.elections.ca/

Beijos,

Andréa

5 Respostas to “Dia de eleições… no Canadá!”

  1. Fabio Cuizzi Says:

    Andrea,

    Excelente post. Espero que independentemente do partido, o vencedor traga mais prosperidade ao Canadá e ajude a nós pobres candidatos a imigração, rsrsrsrs

    Abs.,

    Fabio Cuizzi

  2. Flavio Says:

    So um comentario: os canadenses e os que possuem cidadania podem e devem votar no sentido de ajudar o pais a escolher melhor seus governantes, mas o voto nao é obrigatorio como no Brasil!

    Abs,

  3. Sandro Says:

    Andrea

    Depois dessa aula fiquei até com vontade de votar por aqui…rsss

    É engraçado pois estou em Victoria/BC e apesar da eleição definir o futuro do pais todos trabalham normalmente e não estão muito preocupados com a votação.

    Enquanto isso em terras brasilis……preparem-se para as baixarias nos debates finais e a obrigatoriedade do voto.

    Abração

  4. Camila Says:

    E a gente vai ter três anos pra decidir em quem votar🙂 Se fosse hoje, eu não teria votado no partido do Harper… mas também não sei em quem votaria.

    Beijo,

    K.

  5. Momento histórico na política canadense « Picolé Carioca Says:

    […] 14 de outubro o Canadá foi às urnas para votar em seus representantes, conforme falei aqui. Menos de dois meses depois dessa eleição, que manteve o Partido Conservador no poder mas sem […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: